Histórico | GCVB – Goiânia Convention e Visitors Bureau
 
 

 
 
Requisi��o Ajax com gif Animado - Felipe Silveira

Clima em Goiânia

GCVB

 

Histórico

Goiânia foi fundada em 24 de outubro de 1933, durante o primeiro governo Vargas para posteriormente substituir a Cidade de Goiás como capital do Estado, em 1937. Fruto da expansão capitalista e expansionista do inicio do século XX, Goiânia surgiu da necessidade de uma nova sede administrativa para o Estado de Goiás, que naquela época vinha se destacando economicamente e se inserindo na indústria e no mercado nacional.

Historicamente falando, a construção de Goiânia e a transferência da capital podem ser analisadas como uma estratégia de poder do então governador Pedro Ludovico Teixeira, representante dos ideais políticos da era Vargas em terras goianas. Na cidade de Goiás o poder político estava nas mãos das antigas famílias de coronéis, era necessária, então, a transferência da capital como forma de consolidar os ideais do Estado Novo, inserir Goiás na economia de mercado e, também, facilitar os planos políticos nacionais da época, como, por exemplo, a Marcha para o Oeste, que visava abrir caminhos para o progresso, primeiramente, na região Centro-Oeste e, posteriormente, na região norte do país.

Assim nasceu Goiânia, do projeto de Atílio Correia Lima, planejada com uma concepção radial concêntrica (ruas em forma de raio, tendo como centro a praça cívica), um traçado urbanístico no estilo art-déco, como as cidades-jardins européias do século XIX, com praças, passeios públicos, parques, avenidas retas e largas.

Goiânia foi ponto de apoio na construção da Capital Federal, o que colaborou com o rápido desenvolvimento da região. O eixo Goiânia-Brasília, apresenta uma das maiores concentrações populacionais e consumidoras do país, com mais de 6 milhões de habitantes numa estreita faixa de 200 quilômetros de extensão, tornando-se assim, o terceiro maior aglomerado populacional do Brasil.