Menu aqui

Festival Internacional Bolshoi Blues de Goiânia

0
Posted 25 de February de 2014 by Ton Freitas in Eventos
I_D5CFD42F24DDA129102C

Entre os dias 27 de fevereiro (quinta-feira) e 1º março de março (sábado), a Capital irá receber grandes nomes da música, no 1º Festival Internacional Bolshoi Blues de Goiânia. Durante estes três dias, o Bolshoi Pub será palco para memoráveis apresentações do estilo, entre elas, dos cantores americanos Tia Carroll e Jimmy Burns e do guitarrista argentino Danny Vincent. Os shows estão marcados para acontecer a partir das 22h. Os ingressos para o dia 27 custam R$ 30, para os dias seguintes R$40.

Além das atrações internacionais, o festival contempla ainda o cenário local e nacional. A banda Goiana TNY, por exemplo, se apresentará no primeiro dia do evento juntamente com o guitarrista brasiliense Celso Salim. Já no dia 28 (sexta-feira), dividirão o palco com o argentino Danny Vincent e o americano Jimmy Burns, o grupo curitibano Décio Caetano Band (PR).

Para encerrar a festa, no dia 1º de março (sábado), além de Tia Carrol, haverá apresentações individuais dos paulistas Igor Prado (guitarrista) e Ari Borger (tecladista).

Confira a seguir um breve histórico dos participantes:

TNY (GO)
O TNY, antigo The Not Yet Famous Blues Band, com mais de 20 anos de carreira, possui um farto currículo: já se apresentou com Danny Vincent, Solon Fishbone, Big Allambik, Flávio Guimarães, Blues Etílicos, Caça Níqueis, Bando do Velho Jack, Big Gilson, Andy Boy, Sun Walk & Dog Brothers, Big Chico e Nuno Mindelis em shows memoráveis.

Celso Salim (DF)
Um dos maiores guitarristas de blues do Brasil, ele começou a tocar com seis anos e aos 15 adotou a música como profissão. Tem quatro discos e já teve a honra de abrir o show de B.B.King em Brasília.

Danny Vincent (ARG)
Seu diferencial é a fusão entre o blues americano e o rock latino. Além do blues, Danny transita bem entre o rock, boogie e country. Uma de suas maiores influência é Jimi Hendrix. No currículo, ele ostenta parcerias ilustres com gente do porte de Mercedes Sosa e Charles Garcia. Também já tocou com as bandas Albatross Blues Band e Cream Crackers.

Jimmy Burns (EUA)
Vocalista, guitarrista e compositor, Jimmy Burns destaca ao fundir as raízes do blues do delta do Mississippi, com o clássico R&B. Transmitindo emoção pela voz e guitarra, Burns promete um grande show no festival.

Igor Prado 
Igor Prado Desenvolveu um estilo um pouco diferente de tocar, autodidata e canhoto aprendeu virando uma guitarra de destro de cabeça para baixo. Aprofundou-se na linguagem do Blues tradicional e West Coast Swing, estilo que mistura o blues com elementos do Swing, famoso movimento de jazz dançante dos anos 40.

Ari Borger (SP)
por sua vez, se destaca como um dos principais tecladistas e organistas do blues brasileiro. Com mais de 20 anos de estrada. Já tocou com lendas do blues como Pinetop Perkins, Johnnie Johnson, Clarence Gatemouth Brown, além de abrir os shows de B.B. King.

Tia Carroll (SP)
Tem história quando o papo é blues dos Estados Unidos. Comparações de seu trabalho com ícones do naipe de Aretha Franklin. Spanky Wilson, Koko Taylor e Tina Turner são uma constante. Natural de Richmond, Califórnia, teve seu início artístico na Igreja.

Serviço
Festival Internacional Bolshoi Blues de Goiânia
Quando:
 Do dia 27 de fevereiro a 1º de março
Onde: No Bolshoi Pub (Rua T-53/T-2, n 1140, Setor Bueno)
Ingressos: 27 custam R$ 30, para os dias seguintes R$40
Mais informações: (62) 3241-0731

2014-02-27-bluesgyn-capa_1153283

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Curta Mais
Data: 25/02/2014


Sobre o Autor

Ton Freitas


0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário


(obrigatório)