Menu aqui

As Quatro Estações

0
Posted 12 de November de 2015 by Ton Freitas in Destaque
423196492361111

Musicâmara apresenta As Quatro Estações, de Vivaldi

Concerto acontece neste domingo, 15, às 11h, no Goiânia Ouro. Entrada é franca

A Orquestra de Cordas Musicâmara, administrada pela Prefeitura de Goiânia por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), se apresenta no próximo dia 15/11, domingo, às 11h, no Teatro Goiânia Ouro. O concerto tem entrada franca.O programa não poderia ser mais especial. Sob a regência do maestro Joaquim Jayme, a orquestra vai apresentar a magnífica obra “As Quatro Estações”, do compositor italiano Antonio Vivaldi (1678-1741). São quatro concertos para violino e orquestra, compostos em 1723 e que fazem parte de uma série de doze concertos publicados dois anos mais tarde em Amsterdã (HOL), intitulada Il Cimento Dell’Armonia e Dell”Inventione.Cada concerto traz o nome de uma das estações do ano. A obra é a mais conhecida do compositor e uma das peças mais populares da música barroca.

A Orquestra

A Orquestra de Cordas Musicâmara foi criada no início de 2007 especialmente para a inauguração do Teatro Goiânia Ouro, já que o palco do teatro não comportava a Orquestra Sinfônica de Goiânia, convidada para se apresentar durante o evento. A intenção era fazer apenas essa apresentação e desfazer o grupo. Mas, tanto o maestro Jayme quanto os músicos perceberam que aquela formação era a ideal para a execução de peças do repertório barroco, um período cultural que começou na Itália no final do séc. XVI e se expandiu por vários países de Europa e pelas Américas até o séc. XVIII.

Serviço
Concerto da Orquestra de Cordas Musicâmara
Data: 15 de novembro
Horário: 11h
Local: Teatro Goiânia Ouro (Rua 3, esquina com Rua 9, Galeria do antigo Cine Ouro – Centro)
Entrada Franca

Amauri Garcia, da editoria de Cultura – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Fonte: Secom (http://www4.goiania.go.gov.br/portal/pagina/?pagina=noticias&s=1&tt=not&cd=8521&fn=true)


Sobre o Autor

Ton Freitas


0 Comentários



Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário


(obrigatório)